• Equipa Clínica Navegantes

Mitos relacionados com os Psicólogos



Os Psicólogos são como os amigos.

Os Psicólogos servem para se desabafar e para nos dar um ombro.

Os Psicólogos dão conselhos.

Os Psicólogos são para pessoas “loucas”.

O trabalho dos psicólogos está relacionado com esoterismo, religião ou espiritismo.

Ter amigos é de facto essencial à vida, à felicidade, mas na verdade fazer terapia não é o mesmo que conversar com amigos, os papéis e objetivos destas relações são bem distintos. A imparcialidade, a confidencialidade, a ausência de julgamentos, o conhecimento, a competência técnica e científica, a formação especializada dos psicólogos diferencia-os. Os amigos ajudam na realidade em momentos de crise, de tensão, ajudam a aliviar algum sofrimento momentâneo, mas não podem ajudar a resolver questões mais profundas que têm de ser objeto de intervenção do psicólogo, de uma intervenção terapêutica que possa promover a saúde mental.

A perspetiva de que os psicólogos servem para desabafar é redutora e simplista. Na realidade, um processo terapêutico implica a escuta, mas uma escuta ativa, que não se esgota no ouvir, mas uma escuta, que implica compreensão, aceitação e respeito, em que a comunicação verbal e não-verbal é valiosa e em que toda a comunicação do psicólogo tem uma intencionalidade e um potencial terapêutico.

Os Psicólogos não dão conselhos. Quando falamos de conselhos, remetemos para algo que está intimamente relacionado com opiniões, com subjetividade, com um julgamento do certo e do errado. Mas, na realidade esse não é o trabalho do psicólogo. O psicólogo analisa, avalia e intervêm no sentido de promover a autonomia da pessoa e não de contribuir para a sua dependência. O psicólogo recorre a conhecimentos científicos, à ciência, a técnicas cientificamente validadas e intervém, deixando de fora os seus valores e opiniões pessoais.

Os Psicólogos são para Todos. A intervenção da Psicologia na vida das pessoas e das sociedades é ampla, compreende a intervenção nas perturbações do foro mental, da saúde mental, mas também a prevenção ou o apoio profissional num ou noutro momento de ciclo de vida.

O trabalho dos Psicólogos nada tem a ver com esoterismo, religião ou espiritismo. A Psicologia é uma ciência e o Psicólogo é um profissional especializado, com conhecimento e formação técnica e cientifica especializada e reconhecida.

Procurar a ajuda de um psicólogo é sinal de que cuidamos da saúde mental, que cuidamos da nossa vida.

Sónia Serrão - Psicóloga Clínica

Clínica Navegantes | Navegantes Online

31 visualizações